Como compreender os temas de redação

Roberta Rinaldi Dicas de Redação

Você já deve ter passado pela situação de não compreender “de cara” uma proposta de redação. Isso pode acontecer, inclusive, na hora do Enem. Com toda a tensão e nervosismo no momento da prova, o aluno muitas vezes se vê perdido no primeiro contato com o tema. Nesse post iremos te mostrar que não há segredo. Vamos analisar juntos os 3 últimos temas do exame para elucidar bem como você deverá interpretá-los.

Primeiramente, é preciso entender que os temas cobrados no Enem tem a ver com a atualidade. O primeiro passo, portanto, para compreender as propostas, é estar familiarizado com o que vem sendo discutido nas diversas esferas sociais, como educação, política, saúde, segurança, entre outros.

No Enem, o tema nunca será uma palavra só, por exemplo, “fome”. Há um direcionamento no chamado comando do tema.

O comando do tema é importante para que você saiba que de que forma abordar o assunto.

Temas dos últimos 3 anos de Enem:

  1. Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil (2017)

  2. Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil (2016)

  3. A persistência da violência contra a mulher no Brasil (2015)

Repare nos termos destacados. Eles são as palavras-chave, o comando do tema. Uma das principais causas do chamado “tangenciamento do tema” é não seguir este comando. Entenda:

  1. O tema de 2017 exigia que o aluno dissertasse sobre a formação educacional dos surdos demonstrando quais são as dificuldades, os impasses, ou seja, os desafios para que seja efetivada de forma plena em nosso país. Quem simplesmente falou sobre a educação dos surdos, explicando, por exemplo, como funciona, tangenciou o tema e perdeu muitos pontos.
  2. O tema de 2017 tinha como objetivo avaliar se o aluno era capaz de tecer ideias sobre como acontece a intolerância religiosa e indicasse meios, caminhos para combatê-la em nossa sociedade. Atenção: não é adequado apresentar propostas de intervenção ao longo de todo o texto sem indicar primeiro como a situação acontece, sem comprovar, exemplificar e convencer o leitor sobre a gravidade do assunto.
  3. Já no tema de 2015, o participante deveria problematizar e comprovar o porquê de, apesar de tantas políticas de incentivo e proteção à mulher e em uma sociedade cada vez mais informada, a violência contra a mulher ainda se fazer presente = persistência.

Agora você já sabe que deve ter bastante atenção aos detalhes que compõem o tema. Quando receber a proposta, reserve alguns minutinhos para ler e reler o que está sendo pedido. A instrução é clara, seu texto terá um propósito bem estabelecido.

Comece a praticar desde já a boa interpretação das propostas. Estude nossos temas clicando AQUI. Até a próxima! 🙂

Vamos debater sobre?