Critérios para correção da redação do ENEM continuam os mesmos

Roberta Rinaldi Notícias

Neste ano foi anunciado que a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp) havia sido contratada para corrigir as redações do Enem 2017. Devido à novidade, alguns rumores surgiram e muitos manifestaram a dúvida: os critérios de correção para a redação mudaram? A resposta para esta pergunta é não.

Apesar dos boatos, o INEP,  Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, afirma que manteve a metodologia de correção para as cinco competências. A própria diretora de Avaliação da Educação Básica do Inep, Luana Bergmann Soares, afirmou que os critérios “apenas estão mais claros para os avaliadores”. Os requisitos de cada competência serão exigidos de forma mais cuidadosa, para que nenhum aspecto importante passe durante a avaliação dos textos. O aprimoramento foi feito, portanto, quanto ao treinamento dos corretores.

Então fique atento! O que antes podia passar despercebido aos olhos dos corretores, agora não passará mais. A exemplo disso, os aspectos de coesão no texto: referências devem ser retomadas ao longo da argumentação, não deixe “pontas soltas” nos parágrafos. Além disso, seja mais cuidadoso em relação à norma culta, para que não haja reincidência ou excesso de erros. Clique aqui e veja mais dicas para aperfeiçoar sua redação!

Bons estudos!

Fonte: Guia do Estudante

Vamos debater sobre?