Entenda como funciona a redação na Unesp

Carla Gobb Dicas de Redação

A segunda fase do vestibular 2018 da UNESP acontecerá nos dias 17 e 18 de dezembro. No segundo dia, o candidato deverá produzir uma redação, por isso preparamos esse post, para esclarecer suas dúvidas e auxiliá-lo neste momento de preparação e revisão antes da prova. Confira 😉

  • Como na maioria dos vestibulares, o gênero cobrado é o dissertativo.
  • O edital aponta que o texto deve ser elaborado “em prosa”. Isso significa que o participante precisa organizar suas ideias em parágrafos (introdução, desenvolvimento e conclusão), e não em versos, como em um poema.
  • Este gênero exige do aluno um desenvolvimento em função da defesa de tese, por meio da exposição de fatos e ideias que credibilizem o que for apresentado.
  • A redação deve ser escrita na norma-padrão da língua portuguesa, além de denotar coesão e coerência ao longo dos parágrafos.

Os critérios de correção, segundo o edital, são:

  1. Tema: avalia se o texto do candidato atende ao tema proposto.
  2. Estrutura: considera aqui, conjuntamente, os aspectos referentes ao gênero/tipo de texto proposto e à coerência das ideias.
  3. Expressão: aspectos referentes à coesão textual e ao domínio da norma-padrão da língua portuguesa.

A redação é zerada nos seguintes casos:

  • fuga ao tema e/ou gênero propostos;
  • sinais de identificação do candidato no texto;
  • apresentação de textos não-verbais, como desenhos;
  • escrita em outra língua que não a portuguesa;
  • letra ilegível;
  • dissertação em 7 linhas ou menos (sem contar o título);
  • cópia de trechos dos textos da prova;
  • apresentação de linguagem inadequada e imprópria.

Dicas importantes:

Explore bastante o uso dos recursos coesivos para denotar um bom domínio dos mecanismos linguísticos e estabelecer relações claras entre períodos e parágrafos.

Atente-se à precisão vocabular e ao grau de formalidade. Não corra riscos por querer apresentar uma linguagem extremamente rebuscada. Seja simples e objetivo.

Os textos que compõem a proposta de redação servem como material de auxílio ao candidato, mas não devem ser feitas referências diretas a eles, por exemplo: “segundo o autor do primeiro texto”.

Os últimos cinco temas deste vestibular foram “A riqueza de poucos beneficia a sociedade inteira?” (2017), “Publicação de imagens trágicas: banalização do sofrimento ou forma de sensibilização?” (2016), “O legado da escravidão e o preconceito contra negros no Brasil” (2015), “Corrupção no Congresso Nacional: reflexo da sociedade brasileira?” (2014) e “Escrever: o trabalho e a inspiração” (2013).

De certa forma, a redação deste vestibular é muito simples, basta treinar!

Confira AQUI nossos temas de redação da UNESP e coloque em prática as orientações para arrasar no vestibular.

Desejamos a todos uma ótima prova! 😉

Vamos debater sobre?